saia justa

Durante a coletiva de imprensa realizada após a posse do novo diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, o general Joaquim Silva e Luna, o presidente Jair Bolsonaro foi questionado sobre a manutenção do ex-ministro Carlos Marun no Conselho de Administração da Itaipu. Após titubear, afirmou Bolsonaro que vai manter a indicação feita pelo ex-presidente Michel Temer. "Está mantido no Conselho. Foi indicação do presidente Temer e o compromisso nosso é daqui pra frente”, afirmou o presidente.
Marun, que era ministro Temer, foi exonerado da Secretaria Geral de Governo e nomeado conselheiro da estatal binacional no dia 31 de dezembro de 2018. Foi um dos últimos atos de Temer no Palácio do Planalto. No conselho da Itaipu, ele tem mandato até 2020.